mai 16

Manifesto pelo Passe Livre Intermunicipal já

Manifesto pelo Passe Livre Intermunicipal já

O Passe Livre foi o maior avanço obtido pelas Jornadas de Junho, quando o Brasil foi às ruas contra a corrupção, os péssimos serviços públicos, a politicagem, os gastos excessivos na Copa do Mundo e os tributos excessivos que sufocam a economia, sem retorno ao cidadão. Muitas opiniões juntas por um Brasil melhor, com uma palavra em comum: BASTA.

Reagindo à movimentação, o Governador Tarso colocou-se na vanguarda, ao propor a criação do Passe Livre para os estudantes carentes do Rio Grande do Sul. Em setembro de 2013, o governador Tarso Genro sancionou a Lei 14.307/2013, a qual criou o passe livre estudantil intermunicipal para estudantes gaúchos com renda familiar per capita inferior a 1,5 salários mínimos.

Não obstante, o governador VETOU o VERDADEIRO PASSE LIVRE. Hoje, na realidade, o Passe Livre é um subsídio. A INTEGRALIDADE foi derrubada pelo veto do Tarso, e hoje os alunos do interior não têm direito ao PASSE LIVRE, tendo somente um auxílio na passagem, que sequer chega a 20% do valor da passagem.

E infelizmente, até hoje o programa está parado, passados oito meses, mais de 20 mil estudantes já cadastrados estão ainda na espera pelo seu benefício. Com mais de 90% dos cadastrados sem conseguir usufruir do Passe Livre. Dentro dessa nova realidade, muitos alunos deixaram de receber auxílio-transporte, ficando desassistidos – exatamente alunos de baixa renda, a quem cada real faz a diferença. Ainda por cima, o governo Tarso solicitou que as prefeituras do interior do estado que devolvessem a única parcela do repasse mensal que pagaria as passagens do estudante do interior e não enviou mais nenhum um centavo para o, impedindo a implementação da lei.

Os problemas não ocorrem somente no interior. Nas regiões metropolitanas, a Metroplan não consegue fazer cumprir a Lei. No Aglomerado Sul, na região de Pelotas, aguarda-se o Passe Livre desde fevereiro. Houve o corte de verba de Assistência Estudantil, e os alunos beneficiados pelo PASSE LIVRE deixaram de receber auxílio transporte. Hoje, sem passe livre e sem benefício, estão pagando do próprio bolso toda a passagem.

As conquistas da juventude não podem ser destruídas por uma jogada política! Parece que o GOVERNO TARSO quis calar as ruas, prometendo um benefício que nunca iria cumprir. Não podemos aceitar que a vida de milhares de estudantes sejam afetadas por “manobras” do governo, interessado apenas no ganho político da atenção da mídia. Queremos a completa implementação do #PasseLivreJá! Não podemos permitir esse descaso com os Estudantes!

Confirme a presença no Ato pelo Facebook:
https://www.facebook.com/events/1474722106095670/

Banner_Evento2



mar 21

Diretoria da UEE-RS entrega contribuições sobre transporte público ao presidente da EPTC

O presidente da União Estadual dos Estudantes (UEE-RS), Fábio Kucera, entregou documento formal com as contribuições da entidade sobre o transporte público de Porto Alegre ao diretor-presidente da EPTC, Vanderlei Cappellari, na segunda-feira (18/03). O secretário adjunto da Coordenação Política e Governança Local, Carlos Siegle de Souza também participou do encontro.

Acompanhado de diretores da entidade e de entidades estudantis secundaristas, Kucera passou às mãos das autoridades as sugestões da UEE-RS, reunidas durante o Seminário sobre o Transporte Público de Porto Alegre, realizado na Câmara de Vereadores no dia 22 de fevereiro. “Estamos trazendo as sugestões da classe estudantil, que foram debatidas e aprovadas no seminário que promovemos para debater o tema”, explicou o presidente.
 
Propostas encaminhadas pela UEE-RS:
 
-Ampliar linhas universitárias e itinerários noturnos;
-Requerer assento da UEE-RS no Conselho Municipal de Transportes;
-Sugerir que exista um lugar, dentro ou fora dos ônibus, para bicicletas;
- Utilização do cartão TRI no pagamento da locação de bicicletas do sistema Bike Poa;eptc_uee_proposta



mar 17

UEE-RS participa de inauguração do Campus Central da Uergs

 

O governador Tarso Genro ministrou, na manhã de quarta-feira (12), uma Aula Magna para marcar a inauguração do Campus Central da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (Uergs). A estudante de Administração Thatiane Carolino representou a União Estadual dos Estudantes (UEE-RS) no evento, que reuniu cerca de 200 pessoas entre comunidade acadêmica e autoridades, no Auditório do Campus, (Avenida Bento Gonçalves, 8855, Bairro Agronomia).

20140312_095825http://www.youtube.com/watch?v=FTI2exw-qro

Com o tema O papel da Universidade para o desenvolvimento regional, o chefe do executivo falou sobre a importância estratégica da Uergs para o crescimento do Estado. “Com a decisão de colocar recursos, que nós praticamente não temos, na Universidade Estadual,  estamos fazendo um processo de contratendência a uma hegemonia, porque nós necessitamos de um centro de inteligência regional, articulado com a nossa base produtiva, para fortalecê-la, qualificá-la, formar quadros técnicos, expertise para acumular inteligência e proporcionar o desenvolvimento regional”, argumentou.

 

Tarso Genro ouviu também ouviu as reivindicações dos acadêmicos, representados por Thatiane, que agradeceu ao governador pelo Campus, dizendo que a mudança havia incrementado nos estudantes a “vontade de estudar”. “É uma conquista porque nós estávamos lá no São Pedro e não tínhamos a estrutura que temos aqui hoje. É uma satisfação estudar na Uergs porque agora nós temos o campus que nós merecemos”, comemorou. A aluna reivindicou também algumas melhorias para o Campus e que a direção dê uma atenção maior à segurança ao redor da Unidade Central.

 

 

 



mar 13

Prefeito de Pelotas estuda proposta de implementação do POP no município

Os diretores da União Estadual dos Estudantes do Rio Grande do Sul (UEE-RS) Renan Martinez, Geizebel Doro e Daniel Oliveira apresentaram o Pré-Vestibular e Enem Popular (POP) de Porto Alegre ao prefeito de Pelotas, Eduardo Leite, em audiência realizada na segunda-feira (10), na Prefeitura Municipal. O prefeito estuda a proposta de implementar o curso no município. Outro assunto tratado no encontro foi a instalação de uma sede regional para a UEE-RS na cidade. O Executivo cedeu um espaço físico para que a entidade possa atender demandas do passe livre intermunicipal, de convênios de descontos e de assistência estudantil. De acordo com Renan Martinez, os projetos realizados a partir da parceria entre a UEE-RS e o poder público municipal trazem benefícios fundamentais para os estudantes. “A juventude da nossa região precisa desse investi1980628_472514082877551_445668985_nmento”, destaca.